CONSUMO DE SAL NA MIRA DOS NUTRICIONISTAS

Kennedy assina PL criada por alunos de Nutrição, sob o olhar do Chefe de Gabinete, Custódio Souza

A  hipertensão arterial constitui hoje uma das principais doenças no que tange à morbimortalidade do homem no mundo todo. Essa é uma das justificativas do Projeto de Lei N° 0217.5/2011, que torna obrigatória a informação da quantidade de cloreto de sódio e seu percentual em relação à dose diária para consumo humano, nos rótulos e nas embalagens de gêneros alimentícios.

O Projeto foi discutido e redigido a partir do encontro do Deputado Kennedy Nunes com estudantes do curso de Nutrição do IELUSC – Instituto Educacional Luterano de Santa Catarina, de Joinville. Depois de palestra ministrada por Kennedy, os alunos se organizaram para elaborar uma lei que viesse de encontro aos anseios do grupo. Após alguns encontros e debates, o Projeto de Lei foi apresentado ao Deputado que levou à sua equipe técnica para análise de mérito e protocolada na quarta-feira, 08.

A recomendação de consumo de sal é de menos de 5mg por dia por pessoa, no entanto, o consumo na América Latina pode chegar ao dobro dessa quantidade. Para os nutricionistas que participaram da criação do PL, “essa medida simples pode ser muito eficaz no combate não só da hipertensão, mas de diversas outras doenças que surgem em decorrência da maior resistência vascular periférica”.

O Projeto de Lei será analisado, primeiramente pela Comissão de Constituição e Justiça e em algumas semanas deverá ser levado ao plenário para votação. Para o deputado Kennedy Nunes, este projeto é exemplar, pois nasceu do contato com a sociedade, que é quem melhor sabe de suas necessidades. O deputado mantém uma equipe que realiza encontros frequentes com a população, associações e instituições de ensino em busca de novas ideias.

Your Turn To Talk

O seu endereço de email não será publicado