PEDOFILIA: KENNEDY REVELA EUFORIA E RAIVA

Em pronunciamento no Plenário da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, 08, o deputado Kennedy Nunes revelou ter vivido momentos de euforia e tristeza esta semana. Segundo ele, a euforia ficou por conta da prisão de pedófilos em Santa Catarina, após longa investigação. No mês passado, o deputado do PP, após ter acesso a documentos da investigação da polícia, pediu veementemente que a lei que obriga as lan houses a cadastrar seus clientes fosse aprovada, já que a investigação mostrou que muitos dos crimes de pedofilia são realizados a partir desses estabelecimentos. O projeto foi aprovado e sancionado em menos de 24 horas, um recorde no estado.

No entanto, a vitória da sociedade, representada pela prisão dos criminosos não permitiu que Kennedy saboreasse este momento. Após comentar o fato, como faz habitualmente, em seu Twitter, e dizer que queria poder mostrar aos detentos uma das fotos do crime de pedofilia, antes de colocar os acusados na cela, foi criticado por pessoas que citaram questões de direitos humanos. “Eu não vejo os direitos humanos defendendo vítimas, as crianças, os pais dessas crianças, só criminosos, só esses vagabundos que fazem o que fazem com as crianças. Onde vamos parar?”, disse o deputado.

Kennedy mirou sua artilharia também para a imprensa, ao perguntar “Onde estão os jornalistas desse estado que andaram dizendo que eu fiz essa denúncia para dar tempo de algum conhecido meu escapar? Onde estão? Vocês não sabem de nada!” Por fim, o deputado parabenizou a polícia civil e o Delegado Renato Hendges, pelo trabalho que chamou de excepcional.

Your Turn To Talk

O seu endereço de email não será publicado