KENNEDY PROPÕE UM FUNDO PARA CATÁSTROFES

Em pronunciamento, nesta quarta-feira (23), no Plenário, o Deputado Kennedy Nunes (PP) lamentou a postura de alguns deputados que colocam em pauta questões pertinentes à Câmara Federal. Segundo ele, questões como o Pré-sal só devem ser discutidas quando a discussão disser respeito aos interesses estaduais, como os royalties para Santa Catarina. “Eu quero falar da dificuldade que muitos prefeitos têm ainda em relação às enchentes de novembro. Quero falar dos municípios do Oeste, e do vendaval que passou por lá”, afirmou o deputado.
Após chamar a atenção dos deputados para questões estaduais, Kennedy sugeriu a criação de um Fundo para Catástrofes Ambientais, o que ele considera uma ferramenta orçamentária indispensável para agilizar a assistência ao cidadão. Ele lembrou também que há prefeitos que até agora não receberam ajuda. “Dizem que falta projeto. Como o prefeito de Guaraciaba ia saber que um vendaval ia destruir tudo por lá?” Segundo o deputado, a culpa não pode ser jogada sobre o governo, é preciso que os deputados pensem na criação desse Fundo.
A Deputada Ana Paula Lima (PT), salientou que “o governo já tem diversos fundos, Fundo social, Fundo da Defesa Civil. O problema é onde esse recurso vai parar. Na mão de quem e onde vai parar”. Em resposta, o Deputado Kennedy argumentou: “Desse fundo, deputada, não veio um tostão do governo, veio da sociedade civil. Temos que criar um fundo que gerencia não só o dinheiro da sociedade civil, mas também do governo”.
Ao término de sua fala, o deputado do PP recebeu os parabéns de diversos parlamentares por sua iniciativa, entre eles, o Deputado Jean Kuhlmann (DEM) e a própria deputada Ana Paula Lima.
Your Turn To Talk

O seu endereço de email não será publicado