Qual é sua bandeira?

A bandeira nacional foi criada a partir da bandeira imperial, em novembro de 1889.

A bandeira nacional foi criada a partir da bandeira imperial, em novembro de 1889.

Kennedy fala sobre o Dia da Bandeira e as bandeiras sociais no texto abaixo:

O Dia da Bandeira foi instituído para representar a nação brasileira, logo após passar a vigorar no país o regime republicano. Era uma época de ímpetos nacionalistas, comuns a povos que vencem suas batalhas. Em novembro de 1889, os brasileiros destituíram o império e, com ele, o “furto” das riquezas brasis. A partir de então, a riqueza do imenso país ficaria em seus próprios territórios e poderiam beneficiar sua gente.

A bandeira, desenhada por Décio Vilares, foi apresentada quatro dias depois da independência, no dia 19, usou como base a bandeira do império, mas tirou o brasão e as armas e colocou o céu do Rio de Janeiro com 21 estrelas, representando cada uma um estado e o Distrito Federal. Por sugestão de Benjamin Constant, o Cruzeiro do Sul figura na bandeira que, hoje, estampa 27 estrelas.

Como visto, a bandeira é um símbolo; a do Brasil, o símbolo de nação. Mas há muitas bandeiras sendo erguidas ao longo do tempo: a bandeira da paz, a bandeira da liberdade de expressão, a bandeira da sustentabilidade e outras tantas. Tenho eu também carregado meus brasões, minhas crenças e meus valores, todos tremulam na bandeira política que empunho há 25 anos. Represento os que votaram em mim e também os que precisam de representação junto aos governos. Represento as lições que aprendi de meus pais. Represento a esperança no ser humano e em uma sociedade justa.

São muitas bandeiras, a maioria delas pertinentes e necessárias. Vou hasteando as minhas diariamente, porque não posso ser negligente e porque não quero que pintem, outras mãos, as bandeiras que pretendo erguer.

E você? Qual é sua bandeira? Seja qual for, erga-a. Viver só vale a pena se lutarmos por algo melhor.